quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

XUXA MENEGHEL

Maria da Graça Xuxa Meneghel, conhecida como Xuxa (SantaRosa, 27 Março de 1963) é uma apresentadora de TV, cantora e empresária.


Xuxa passou a infância no interior do Rio Grande do Sul, cercada de banhos no rio, festas de aniversário, Natal, Páscoa, subida em árvores como uma criança normal. Aos 7 anos, Xuxa mudou-se com sua família para o Rio de Janeiro, onde viveu em Guaratiba, subúrbio carioca.





Aos 15 anos, Maria da Graça "Xuxa" Meneghel foi descoberta durante uma viagem de trem. Após o convite tornou-se modelo, aos dezesseis anos, posou para a capa da revista "Carinho", somente no ano de 1980 foi capa de mais de 80 revistas, tendo posado mais tarde para diversas outras, inclusive masculinas, entre elas um ensaio nu para a Playboy, capa da edição de Dezembro de 1982, e que seria reeditada na Argentina em 1991. Nesta época, Xuxa namorava o ex-jogador Pelé, o que lhe proporcionou visibilidade na mídia, expondo publicamente na TV e em revistas, sua vida pessoal, o que lhe foi absolutamente útil. Em 1984, graças também à frequente exposição ao lado do ex-jogador, Xuxa foi contratada como modelo nos EUA pela Ford Models.





Em 1983, Xuxa foi convidada pelo diretor Maurício Sherman para apresentar o Clube da Criança, na extinta Rede Manchete. Neste período, trabalhava como modelo durante a semana, em Nova York - EUA, e gravava o "Clube" nos finais de semana no Brasil. Seu jeito irreverente de apresentar um programa infantil chamou a atenção, e em 1986 ela mudou de emissora e estreou o primeiro programa diário com seu nome: O Xou da Xuxa, na Rede Globo onde é contratada até hoje.
O programa marcou uma geração e até hoje é relembrado por milhões de jovens no Brasil e no Mundo. Xuxa chegava em uma nave cor-de-rosa, que despertava nas crianças o sonho de voar ao lado dela. Outro símbolo da época era o "beijinho da Xuxa", feito com batom, que deixava a "marquinha" da apresentadora. Nessa época a imprensa lhe deu o epíteto "Rainha dos Baixinhos".






Ao todo, foram 2000 programas no Brasil, exibidos em seis anos e sete meses, apenas neste tempo Xuxa colecionou 139 discos de ouro, 52 de platina e 10 de diamante – Somente neste período foram vendidas 18 milhões de cópias.





Em 1987, Xuxa engajou-se em uma campanha pelas crianças contra a poliomielite. A imagem de Xuxa foi associada a campanha e a mesma chegou a um recorde mundial na época : 97% da população infantil brasileira foi vacinada. Xuxa recebeu em Brasília - DF uma medalha das mãos do então presidente da república, José Sarney.






O terceiro disco foi o responsável pelo primeiro recorde fonográfico da apresentadora: entrar no Guinness Book Brazil (Livro dos Recordes) após vender 3,5 milhões de cópias com o Xou da Xuxa 3, em 1988. O disco trazia os hits: Ilariê, Arco-Íris, Abecedário da Xuxa e Brincar de Índio, entre outros. Dessa época até hoje a vendagem do "Xou da Xuxa 3" já ultrapassa a marca de 6,5 milhões de cópias, firmando-se como o álbum mais expressivo em vendas do mercado latino-americano.







O sucesso com o público fez Xuxa ganhar um segundo programa na grade global, em 1989. Bobeou Dançou era exibido no início das tardes de domingo e ela passou a comandar duas atrações ao mesmo tempo: uma de segunda a sábado e outra no domingo.





A crescente necessidade de cuidar de crianças a levou a inaugurar a Fundação Xuxa Meneghel em 12 de outubro de 1989. Isso aconteceu após uma visita a uma senhora na Pavuna, que abrigava de forma precária algumas crianças, e Xuxa vendo a cena comoveu-se: "-Se ela faz isso com tão pouco, por que eu não posso ajudar também?"
Em 1991, Xuxa protagonizou o especial humorístico Xuper Star, com direção de Jorge Fernando.

No mesmo ano, um novo recorde: o filme Lua de Cristal ultrapassa a marca de 5 milhões de espectadores. Apesar de não se considerar atriz ou cantora, Xuxa pode somar em sua carreira mais de 45 milhões de discos vendidos, 28 anos de experiência como apresentadora e 19 filmes. Dona da maior média de público desde a retomada do cinema nacional, ela acumula a maior bilheteria do cinema brasileiro, mais de 37 milhões de pessoas.

Curiosamente, sua carreira no cinema iniciou com um filme voltado para o público adulto. O filme Amor, Estranho Amor foi lançado em 1982. Porém, devido à sua evolução de carreira junto ao público infantil, Xuxa posteriormente conseguiu na justiça que o filme fosse literalmente banido do mercado, e hoje o mesmo é considerado uma raridade. Xuxa poucas vezes se pronunciou sobre este filme e conseguiu remover esta passagem de sua carreira, entretanto, não da mente das pessoas.





Anos mais tarde, com a chegada da internet, seu filme proibido e até então raro foi disseminado por meio da pirataria. Apesar da fama de ser um filme pornográfico, o filme está classificado na categoria de drama, ou seja, é um filme cujo roteiro é o ponto principal, tendo as cenas de nudez como aditivos e sem cenas de sexo explícito.



Sucesso absoluto de vendas no Brasil, ela lançou o primeiro álbum em espanhol, Xuxa, conquistando o mercado latino-americano.
Em 1991, começou o Paradão da Xuxa. Foi neste ano que Xuxa fez sua estreia na TV Argentina com o El Show de Xuxa, exibido pela Telefé, a maior emissora do país. O programa conquistou a grade de 17 países latinos e ainda o mercado hispânico nos Estados Unidos.
Nesse período (1988/1989), Xuxa namorou o piloto de Fórmula 1, Ayrton Senna, morto em 1994.



Da América para a Europa: em 1992, ela lançou o programa Xuxa Park na Espanha, na Tele 5. Neste período, morava 15 dias no Brasil, quinze dias na Argentina e gravava uma vez por mês na Espanha para dar conta de cinco programas simultâneos






Em maio de 1993, a produtora MTM lançou o programa "XUXA" em inglês, em 121 canais nos Estados Unidos. Entretanto, um problema de coluna a obrigou a diminuir o ritmo de trabalho por alguns meses. Seu programa foi vendido para Israel, Japão, Rússia, entre outros 75 países. O "XUXA" durou 2 anos nos EUA e foi exibido até o final de 1995.

No ano seguinte, Xuxa já estava recuperada e estreou no Brasil o Xuxa Park. O quadro Xuxa Hits, que aparecia no último bloco, ganhou mais espaço e ocupou a metade da duração do programa. Com o sucesso, em 1996 estrearia o programa Xuxa Hits. No dia 5 de abril de 1997, estreou o Planeta Xuxa, inspirado no Xuxa Hits, sucesso entre os jovens que cresceram acompanhando a sua carreira.




Inicialmente, o Planeta era exibido nas tardes de sábado e o Xuxa Park ficou com a totalidade das horas matinais. Só em 1998 em virtude da Copa do Mundo de Fubebol o Planeta Xuxa passou a ser exibido aos domingos, o que seria temporáriamente, aderiu a total adesão do público, o que fez com que o "Planeta" fosse exibido aos domingos até a sua extinção em 2002.
Apesar de sua carreira vitoriosa, Xuxa deve sua maior emoção ao nascimento de sua filha Sasha Meneghel Szafir. No dia 28 de julho de 1996 Xuxa deu à luz Sasha Meneghel, filha da apresentadora com o empresário e ator Luciano Szafir.[2] No dia do nascimento o principal telejornal do país (Jornal Nacional) destacou o parto com uma matéria com 10 minutos de duração.
A vida de Xuxa se divide em antes e depois da maternidade, agora mãe, Xuxa acompanha diariamente a rotina de sua filha e todos os detalhes do crescimento da sua herdeira.


















































Como mãe, Xuxa percebeu uma carência de vídeos para crianças pequenas. Em 2001, ela idealizou o áudiovisual Xuxa Só Para Baixinhos e o kit de cd e dvd. O Xuxa Só Para Baixinhos 2 teve reconhecimento mundial e conquistou o Grammy Latino de 2002 na categoria de Melhor Álbum Infantil.















Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário